Archive for the 'Etiqueta social' Category

ETIQUETA À MESA

Uma mesa bem posta é aquela que deixa o convidado à vontade para saborear os pratos sem ter que ficar cruzando as mãos por cima do prato à procura dos talheres. No dia-a-dia, a mesa é posta com mais simplicidade, porque o cardápio é simplificado. Já nos dias de festa, em que as iguarias se sucedem, o aparato é maior.
§ Para receber, arrume da seguinte maneira os convidados à mesa:
O anfitrião e a anfitriã deverão sentar-se à cabeceira da mesa;
O convidado de honra fica sempre à direita da anfitriã, e a convidada, à direita do anfitrião. Para que as pessoas fiquem entrosadas, os outros casais deverão ficar separados, tendo-se o cuidado de colocar próximas pessoas que tenham alguma afinidade.

Fonte: http://www.cezarliper.com.br

Anúncios

ORGANIZANDO A MESA

 Como colocar os talheres, pratos e copos na mesa.
Escolher e utilizar corretamente os talheres (a prata) é fundamental para as boas-maneiras à mesa. Os talheres variam em tamanho e forma segundo suas finalidades, e são dispostos numa certa ordem sobre a mesa, junto ao
prato da refeição (fig. 1). A ordem é simples: garfos e facas ficam nos lados correspondentes às mãos que vão utilizá-los para cortar, não para comer. O garfo, seguro na mão esquerda, retém a peça que é cortada com a faca segura na mão direita. As pessoas destras mudam o garfo de mão, passando-o para a direita, para levar o alimento à boca, e deixam a faca descansando sobre a borda superior direita do prato (fig. 3), enquanto comem. Quando vão cortar novamente a peça de alimento, fazem voltar o garfo para a esquerda e utilizam a faca com a mão direita.
O procedimento acima descrito é o que é usado no Brasil e na maioria dos países da América do Sul e do Norte, e da Europa, salvo a França e os países de influência cultural francesa. Na França e nos países de cultura francesa o garfo fica na mão esquerda não apenas quando se corta a carne ou outro alimento, mas também para comer, com uma particularidade a mais. Mostrando grande habilidade, os franceses conseguem equilibrar a comida sobre o ado convexo do garfo! Gastam um tempinho arrumando a montanhazinha de comida no lado inverso do garfo, seguro pela mão esquerda, com o auxílio da faca segura pela mão direita. Portanto, para imitar os franceses, não basta comer com a mão esquerda: é preciso também saber utilizar o garfo com o lado convexo para cima. Continue lendo ‘ORGANIZANDO A MESA’

SERVIR

Não se servir antes do anfitrião. Ao sentar-se à mesa no lugar que lhe foi indicado, o convidado pode logo tirar o guardanapo do prato e colocá-lo em posição, mas não pode começar a se servir antes do anfitrião ou da anfitriã, e antes que os convidados já estejam em boa parte servidos. Em uma mesa de menos de dez pessoas, espera até que todos estejam servidos para começar a comer. Tratando-se de longas mesas com várias dezenas de convivas, espera que perto de dez estejam servidos, para começar.

Fonte: http://www.cezarliper.com.br

POSIÇÃO À MESA

 As cadeiras à mesa do jantar já facilitam a postura certa para a pessoa sentar-se à mesa: elas têm encosto reto, e assento curto. O convidado deve sentar com o tronco na vertical, descansar os pés sobre o piso sem apoiá-los nas travas frontal ou laterais da cadeira, por uma perna sobre a outra, e jamais afastar a cadeira para cruzar as pernas tornozelo sobre joelho, ou balançar a cadeira sobre os pés de trás.

Fonte: http://www.cezarliper.com.br

USO DOS TALHERES

Propriedade no uso dos talheres. Ao ver o grande número de talheres colocados na mesa junto ao prato, a pessoa pode recear se confundir. Mas há uma regra geral bem simples. O talher a ser usado é o que está mais afastado do prato. Alguns talheres poderão ser retirados pelo garçom ou substituídos por outro de modelo diferente, e isto dependerá do prato escolhido para a refeição. Porém ele os colocará na mesma ordem. Apesar dessa regra simples, é conveniente a pessoa procurar conhecer os vários tipos de talheres e a quais pratos seu uso se relaciona, a fim de poder proceder com mais desembaraço. Quanto ao seu manejo e posições de descanso. De qualquer forma se você não tiver com prática em manusear os talheres e os copos, o que pode ser aconselhado é que na dúvida observe discretamente o anfitrião a manuseá-lo.
Ao mesmo tempo, se você é um grande conhecedor de etiqueta, nunca chame a atenção dos anfitriões ou de convidados que estejam participando da refeição, proceda naturalmente fazendo o correto.
A escolha do material e do desenho do faqueiro depende muito do seu estilo de vida. É claro que para o suo diário é ideal o faqueiro de aço inoxidável (que combina muito bem com jantares informais). Para os dias especiais você pode optar por um faqueiro de prata com desenho clássico, ou então um mais moderno, com talheres de cabo de madeira, bambu ou madrepérola.
O uso dos talheres segue, normalmente, as normas da etiqueta européia:
– garfo sempre na mão esquerda, faca na direita;
– faca só se usa para cortar;
– legumes, croquetes ou tortas não devem ser cortados, mas partidos com o garfo;
– quando garfo e faca não estiverem sendo usados, devem ser colocados sobre o prato, e nunca com o cabo apoiado na mesa;
– terminada a refeição, coloque garfo e faca lado a lado, sobre o meio do prato no sentido vertical.

http://www.cezarliper.com.br